Please use this identifier to cite or link to this item: http://bdae.org.br/jspui/handle/123456789/798
Title: ESCOLA DO MEDO: O DISCURSO DOS ATORES EDUCACIONAIS ACERCA DA VIOLÊNCIA NA ESCOLA
Authors: BRENNAND, Edna Gusmão De Goes
FILHO, Francisco Bento Da Silva
Keywords: GLOBALIZAÇÃO;CIDADANIA;EDUCAÇÃO E VIOLÊNCIA
Issue Date: 2003
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA/JOÃO PESSOA
Abstract: ESTA PESQUISA TEVE POR OBJETIVO ESTUDAR O FENÔMENO DA VIOLÊNCIA NA ESCOLA, A PARTIR DA APREENSÃO E ANÁLISE DO DISCURSO DE PROFESSORES E ALUNOS DAS ESCOLAS PÚBLICAS MUNICIPAIS DE JOÃO PESSOA. NESSE SENTIDO, FOI EMPREENDIDA UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA ACERCA DA VIOLÊNCIA, SOB O PONTO DE VISTA HISTÓRICO, EPISTEMOLÓGICO, CONCEITUAL E COMO AS DIVERSAS CIÊNCIAS A CARACTERIZAM. DEFINIDO O ESTUDO, PRIVILEGIOU-SE UM ENQUADRE SOCIAL E POLÍTICO, ELEGENDO GLOBALIZAÇÃO E CIDADANIA COMO OS BALIZADORES TEÓRICOS. A ESPECIFICIDADE DO FENÔMENO (VIOLÊNCIA NA ESCOLA) LEVOU A UM SUCINTO ESTUDO ACERCA DA EDUCAÇÃO E SEU PAPEL COMO ESPAÇO DE EXERCÍCIO DA CIDADANIA, NUM CONTEXTO GLOBALIZADO E AS IMPLICAÇÕES DESSE QUADRO PARA O RECRUDESCIMENTO DAS MANIFESTAÇÕES DA VIOLÊNCIA NO UNIVERSO ESCOLAR. FEZ-SE NECESSÁRIA A EFETIVAÇÃO DE UMA PESQUISA EMPÍRICA DE CORTE TRANSVERSAL. EMPREGOU-SE UMA METODOLOGIA QUALITATIVA DE INVESTIGAÇÃO E VARIADAS TÉCNICAS PARA CAPTAÇÃO DOS DADOS, OS QUAIS FORAM AGRUPADOS, CODIFICADOS, TRANSCRITOS E, POSTERIORMENTE, ANALISADOS UTILIZANDO-SE DA TÉCNICA DE ANÁLISE DE CONTEÚDO. CONSTATOU-SE A INTENSIDADE COM QUE O FENÔMENO SE APRESENTA NO UNIVERSO DAS ESCOLAS PESQUISADAS E QUE A PRÁTICA DOCENTE, COM POUCAS EXCEÇÕES, ALTERNA-SE ENTRE O MEDO, A REPRESSÃO E A EVASIVA, REPRESENTADA PELA DENEGAÇÃO DA EXISTÊNCIA DO FENÔMENO NAS HOSTES ESCOLARES. COM BASE NOS DISCURSOS, INFERIU-SE A POUCA CONTEXTUALIZAÇÃO, PELOS PROFESSORES, NA ANÁLISE DA VIOLÊNCIA, MUITO EMBORA SUAS CRÍTICAS TENHAM APONTADO ELEMENTOS PRESENTES NA NOVA FORMATAÇÃO DOS SUJEITOS E COMUNIDADES, SOB OS AUSPÍCIOS DA GLOBALIZAÇÃO QUE, AMBIENTADA PELAS MÁXIMAS NEOLIBERAIS, CARACTERIZA A REESTRUTURAÇÃO DO CAPITALISMO INFORMACIONAL. NA LEITURA DO DISCURSO DOS ALUNOS, VERIFICOU-SE A CONFIRMAÇÃO DA FORMA DE ATUAR DOS PROFESSORES E O ABISMO EXISTENTE ENTRE A CIDADANIA LEGISLADA E A CIDADANIA VIVENCIADA, O PROCESSO GRADUAL E INEXORÁVEL DE CRISE DA ÉTICA E DA SOLIDARIEDADE NAS RELAÇÕES SOCIAIS E QUE OS MEIOS DE COMUNICAÇÃO SÃO VETORES ESTRATÉGICOS NA DERROCADA DESSES VALORES. POR ESSA REALIDADE, CONCLUIU-SE QUE A VIOLÊNCIA NA ESCOLA É UMA REALIDADE COMPLEXA E CONTAMINADA POR TODOS OS CONDICIONANTES DA NOVA ORDEM MUNDIAL, EM SEUS ASPECTOS ESTRUTURAIS E CULTURAIS. FOI SUGERIDO QUE A ESCOLA, POR SEUS QUADROS DOCENTES, EMPREENDA UMA DISCUSSÃO QUE VÁ ALÉM DE APONTAR AS COSTUMEIRAS CAUSAS DA VIOLÊNCIA. NESSE SENTIDO, URGE CAPACITAÇÃO, DISCUSSÃO COM OS SEGMENTOS INTERNOS, ORGANIZAÇÃO E O VISLUMBRE DO POLÍTICO QUE SE INSERE, INDELEVELMENTE, NO PEDAGÓGICO COMO UMA DAS FORÇAS PROPULSORAS NO RESGATE DA CIDADANIA E DA HUMANIZAÇÃO, BANALIZADAS SOB OS NOVOS MECANISMOS GLOBAIS, RECONHECIDOS COMO HISTÓRICOS E, PORTANTO, NÃO DEFINITIVOS.
Description: PPGE
URI: http://www.bdae.org.br/dspace/handle/123456789/798
Other Identifiers: Mestrado
EDUCAÇÃO
MISTO
Appears in Collections:Juventude e Escola

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese.pdf822.83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

Admin Tools