Please use this identifier to cite or link to this item: http://localhost:8080/jspui/handle/123456789/2676
Title: Situação irregular não pode impedir acesso à educação para imigrantes.
Keywords: Educação;Direitos humanos
Issue Date: Jun-2006
Publisher: Ação Educativa. Programa Observatório da Educação.
Citation: FAÍSCA - A CONJUNTURA EDUCACIONAL EM PAUTA. São Paulo: Ação Educativa. Programa Observatório da Educação, nº 06, jun. 2006
Abstract: Na capital paulista vivem hoje aproximadamente 200 mil bolivianos e estima-se – não há dados concretos – que cerca de 70 mil deles estejam em situação irregular no País. Relatos apontam que essas pessoas são recrutadas na Bolívia, através de anúncios de rádio e jornal com promessas de trabalhos com bons salários – situação bem diferente da que encontram ao chegar. A situação dessa população foi alvo de investigação de uma CPI do Trabalho Escravo na Câmara Municipal de São Paulo (processo n° 0024/2005: Comissão Parlamentar de Inquérito para Apurar a Exploração de Trabalho Análogo ao de Escravo), que investigou denúncias de violações de direitos humanos, exploração de mão de obra barata, trabalho em condições insalubres e trabalho infantil de bolivianos nas oficinas de costura.
URI: http://www.bdae.org.br/dspace/handle/123456789/2676
Appears in Collections:Faísca

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Boletim Faisca n. 6.pdf67.54 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.