Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/2417
Título: Programa de formação
Autor(es): AÇÃO EDUCATIVA. Programa de Juventude. Projeto Jovens Agentes pelo Direito à Educação
Palavras-chave: ENSINO MÉDIO;DIREITO À EDUCAÇÃO;JOVENS;EDUCAÇÃO ESCOLAR;POLÍTICA EDUCACIONAL;PROJETO JOVENS AGENTES PELO DIREITO À EDUCAÇÃO
Data do documento: 2007
Editor: Ação Educativa
Citação: AÇÃO EDUCATIVA. Programa de Juventude. Projeto Jovens Agentes pelo Direito à Educação. Programa de formação. São Paulo: Ação Educativa, 2007, 44p.
Resumo: O projeto Jovens Agentes pelo Direito à Educação (JADE) teve como objetivo a elaboração de diretrizes para políticas públicas de educação em escolas de ensino médio, a partir de processos de diálogo entre estudantes e seus familiares, professores de escolas públicas, diretores, funcionários, integrantes da comunidade, agentes governamentais e sociedade civil. A iniciativa foi desenvolvida considerando as profundas transformações que ocorrem atualmente neste nível de ensino: ampliação do acesso de adolescentes e jovens e, ao mesmo tempo, baixa qualidade expressa nos altos índices de evasão e reprovação e nos índices de rendimento escolar. Para refletir sobre a escola de ensino médio necessária frente aos desafios atuais, apostamos na criação de um espaço de trabalho coletivo junto a cinco escolas públicas estaduais1, e junto a um grupo de 20 jovens a elas vinculados. Os jovens passaram por um processo de formação intensivo para realizar um trabalho de pesquisa, mobilização e debate com as escolas e seus diferentes segmentos. O objetivo foi capacitar um grupo de jovens para construírem opiniões e posicionamentos sobre a escola pública e as políticas de educação, e para envolverem outros segmentos em reflexões coletivas sobre a educação que se tem e a educação que se deseja construir. Neste processo, ação e formação foram dimensões entrelaçadas e concomitantes. Este documento pretende partilhar alguns destes aprendizados, as apostas realizadas e os resultados alcançados. Esperamos que possa também ser um subsídio para abrir o debate sobre o lugar da formação e da ação de jovens no âmbito das iniciativas escolares e das políticas educacionais.
Descrição: PERIÓDO DA PESQUISA: 2007. PESQUISADOR RESPONSÁVEL: Ana Paula Corti. DEMAIS PESQUISADORES: Raquel Souza, Thales Alves, Milton Alves Santos , Ana Cláudia Anchieta Ribeiro, Ana Paula do Nascimento Lucinda, Bêlit Tornezi Grisante, Camila Santana Silva, Daniel Carvalho de Almeida, Daniela da Silva Pereira, Douglas Argemiro Alves, Douglas Geronimo da Silva, Gleicy Leal de Goes, Heidy Luize Martins, Jacqueline Maria da Silva, Joice Avancini, José Givaldo Ferreira Alves, Karen Cristina Oliveira de Jesus, Malu de Souza Santos, Marcela Deomesessi, Paloma dos Santos Siqueira, Perla Graziela da Silva, Rodrigo da Cruz Araújo, Vinícius Scuteri Tude Souza.
URI: http://www.bdae.org.br/dspace/handle/123456789/2417
Aparece nas coleções:Jovens agentes pelo direito à educação (JADE)
Que ensino médio queremos?
Publicações AE (todas)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
programaformacao_201207_3.pdf369.7 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.