Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/1093
Título: JOVENS, TRABALHO E EDUCAÇÃO: REDE DE SIGNIFICADOS DOS PROCESSOS IDENTITÁRIOS NA ILHA DE SANTA CATARINA
Autor(es): FISCHER, Nilton Bueno
RAITZ, Tania Regina
Palavras-chave: JUVENTUDE;EDUCAÇÃO E TRABALHO;PROCESSOS IDENTITÁRIOS
Data do documento: 2003
Editor: UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL
Resumo: O CAMPO SOBRE JUVENTUDE, TRABALHO E EDUCAÇÃO COMPÕE A REFERÊNCIA DESTE TRABALHO. O OBJETO DESTA PESQUISA É ANALISAR A REDE DE SIGNIFICADOS DOS PROCESSOS IDENTITÁRIOS DE JOVENS EGRESSOS DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DA CUT E DO SENAI NA MICRORREGIÃO DE FLORIANÓPOLIS, REALIZADA NOS ANOS DE 2002 E 2003. A METODOLOGIA DE NATUREZA QUANTITATIVA E QUALITATIVA TEVE COMO EIXOS DE ANÁLISE, NUM PRIMEIRO MOMENTO, 60 JOVENS E, NUM SEGUNDO MOMENTO, UMA AMOSTRA DE OITO JOVENS CONSTITUIU FIOS CONDUTORES PARA A ANÁLISE.ESTES INTEGRANTES DE GRUPOS MUSICAIS RELIGIOSOS, GRUPOS DE ESPORTES, PARTICIPANTES EM AÇÕES VOLUNTÁRIAS E UMA EXPERIÊNCIA DE AUTO-GESTÃO CONFIGURARAM AQUILO QUE DENOMINO POTÊNCIA DE AÇÃO COMO PROCESSO EDUCATIVO. DIÁRIO DE CAMPO, QUESTIONÁRIO, ENTREVISTAS INDIVIDUAIS ABERTAS E SEMI-ESTRUTURADAS FORAM INSTRUMENTOS RELEVANTES NA INVESTIGAÇÃO. PROCURA-SE AINDA ANALISAR AS RELAÇÕES QUE OS JOVENS ESTABELECEM COM A FAMÍLIA, O LUGAR E O SENTIDO DO TRABALHO, A EXPERIÊNCIA COM O DESEMPREGO, SEUS PROJETOS E SONHOS, A ESCOLA E AS INTERFACES COM A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, BEM COMO OS PROCESSOS DE CONSTRUÇÃO DE SUAS IDENTIDADES INDIVIDUAIS E COLETIVAS NESTES ESPAÇOS. AS ELABORAÇÕES SOBRE IDENTIDADE TÊM COMO CONTRIBUIÇÃO ESSENCIAL A OBRA DE ALBERTO MELUCCI, COMPONDO UM ESQUADRINHAMENTO TEÓRICO REFERENCIAL NA ÁREA DA PESQUISA REALIZADA. A ANÁLISE DOS DADOS EMPÍRICOS TAMBÉM FOI FUNDAMENTADA NOS PRINCIPAIS AUTORES: SPOSITO, PAIS, ELIAS, MORIN, ARENDT, SAWAIA E DUBET. AS PRÁTICAS DESENVOLVIDAS PELOS JOVENS SIGNIFICAM DISCUTIR QUE EXISTE UM PROCESSO EDUCATIVO PARA ALÉM DO TRABALHO FORMAL COMO EIXO ESTRUTURANTE. OS RESULTADOS DA PESQUISA APONTAM PARA UMA REDE COMPLEXA E HETEROGÊNEA VIVIDA PELOS JOVENS, É NA COMPLEXIDADE DESTAS RELAÇÕES ENTRE FAMÍLIA, ESCOLA, FORMAÇÃO, NOS GRUPOS E AÇÕES SOCIAIS QUE OS JOVENS CONSTROEM SUA IDENTIDADE PARTIR DAS EXPERIÊNCIAS QUE COADUNAM COM AS TRANSFORMAÇÕES EM CURSO NA SOCIEDADE CONTEMPORÂNEA. ESTE ESTUDO TAMBÉM DIRECIONA PARA O FOCO DE QUE PENSAR POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A JUVENTUDE, CURSOS DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL, ATRAVÉS DE INSTITUIÇÕES COMO SENAI E CUT, SIGNIFICA PLANEJAR E POTENCIALIZAR ESSA DIVERSIDADE ENCONTRADA NAS EXPERIÊNCIAS E AÇÕES DESENVOLVIDAS PELOS JOVENS, NUMA NOVA CONCEPÇÃO COMO SUJEITOS DE DIREITOS, QUE NÃO SEJAM SÓ OUVIDOS PARA SUBSIDIAR POLÍTICAS PARA SI PRÓPRIOS, QUE `ASSUMAM` PROGRAMAS, ATIVIDADES, AÇÕES COMO TAMBÉM RESPONSÁVEIS E NÃO SÓ EXECUTORES, MAS SUJEITOS DE `AUTORIA`.
Descrição: BIBLIOTECA SETORIAL DE EDUCAÇÃO
URI: http://www.bdae.org.br/dspace/handle/123456789/1093
Outros identificadores: Doutorado
EDUCAÇÃO
EXCLUSIVO
Aparece nas coleções:Juventude e Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese.pdf1.72 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador