Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/1064
Título: EDUCAÇÃO, TRABALHO E JUVENTUDE: REALIDADE E CONTRADIÇÃO NO COTIDIANO DE JOVENS DE UMA INSTITUIÇÃO FILANTRÓPICA EM GOIÂNIA
Autor(es): MASCARENHAS, Angela Cristina Belém
CONCEIÇÃO, Neusa Maria Da
Palavras-chave: EDUCAÇÃO;TRABALHO E JUVENTUDE
Data do documento: 2004
Editor: UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
Resumo: O OBJETO DESTE ESTUDO É ANALISAR COMO O CESAM-CENTRO SALESIANO DO ADOLESCENTE TRABALHADOR TEM ESTABELECIDO A RELAÇÃO EDUCAÇÃO E TRABALHO E O QUE ISSO REPRESENTA NO COTIDIANO DOS JOVENS QUE BUSCAM A INSTITUIÇÃO. A TEMÁTICA DA RELAÇÃO EDUCAÇÃO E TRABALHO NA VIDA DA JUVENTUDE TEM SIDO, NAS ÚLTIMAS DÉCADAS, CAUSA DE PREOCUPAÇÕES DE ALGUNS TEÓRICOS QUE BUSCAM COMPREENDER O COTIDIANO DESTA POPULAÇÃO, PRINCIPALMENTE OS JOVENS EMPOBRECIDOS QUE, PARA GARANTIR A SUA SOBREVIVÊNCIA E DE SUAS FAMÍLIAS, SÃO OBRIGADOS A SE INTEGRAR AO MERCADO DE TRABALHO PRECOCEMENTE E, AO MESMO TEMPO, SUBMETER-SE A QUALQUER TRABALHO EM TROCA DE UMA REMUNERAÇÃO PERVERSA QUE, MUITAS VEZES, É INCAPAZ DE SUPRIR SUAS NECESSIDADES BÁSICAS. CONSTATA-SE QUE AS TRANSFORMAÇÕES QUE VÊM OCORRENDO NA ESFERA DO PROCESSO PRODUTIVO TÊM INTERFERIDO PROFUNDAMENTE NA VIDA DOS TRABALHADORES DE UMA FORMA GERAL. A REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA IMPLICA UMA GRANDE TRANSFORMAÇÃO DO MUNDO DO TRABALHO E, CONSEQÜENTEMENTE, DO PRÓPRIO TRABALHADOR. ESSAS MODIFICAÇÕES EXIGEM QUE A CLASSE TRABALHADORA SEJA QUALIFICADA, QUE TENHA HABILIDADES E COMPETÊNCIAS PARA LIDAR COM O NOVO TIPO DE PRODUÇÃO. PARA OS JOVENS QUE ADVÊM DAS CLASSES MENOS FAVORECIDAS, SEM EXPERIÊNCIA E, MUITAS VEZES, SEM QUALIFICAÇÃO, ESSAS EXIGÊNCIAS TORNAM-SE AINDA MAIORES. POR OUTRO LADO, O SISTEMA EDUCACIONAL VIGENTE, QUE PRECISA TER COMO ELEMENTO FUNDAMENTAL A FORMAÇÃO DE NOVAS CONSCIÊNCIAS PARA QUE ACONTEÇA O RESGATE DA CIDADANIA PLENA DE CADA CIDADÃO, TEM SE CURVADO DIANTE DESTA SITUAÇÃO PORQUE, NA REALIDADE, A ESCOLA TAMBÉM TEM MUITAS VEZES REPETIDO NO INTERIOR DO SISTEMA EDUCATIVO O PROCESSO DE EXCLUSÃO E DE LEGITIMAÇÃO DO CAPITAL. DENTRO DESSE CONTEXTO, O CESAM TEM PROCURADO FORMAR OS JOVENS QUE BUSCAM A INSTITUIÇÃO EM CONDIÇÕES BASTANTE ADVERSAS. PORÉM, O PROJETO APRESENTA ALGUNS LIMITES NO QUE SE REFERE AO RESGATE DA CIDADANIA DESTES JOVENS. TRABALHAR E ESTUDAR NAS CONDIÇÕES QUE LHES SÃO APRESENTADAS TORNA-SE, NA VERDADE, UMA REALIDADE INCOMPATÍVEL. DESSE MODO, O CESAM TAMBÉM PARTICIPA DO PROCESSO DE EXCLUSÃO E DE LEGITIMAÇÃO DO CAPITAL.
Descrição: UFG
URI: http://www.bdae.org.br/dspace/handle/123456789/1064
Outros identificadores: Mestrado
EDUCAÇÃO
EXCLUSIVO
Aparece nas coleções:Juventude e Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
tese.pdf570.95 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador