Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/123456789/1498
Título: JUVENTUDE E REVOLUCAO:UMA INVESTIGACAO SOBRE A ATITUDE REVOLUCIONARIA NO BRASIL
Autor(es): PEDONE, Luiz
ZANETTI, Hermes
Palavras-chave: JUVENTUDE;REVOLUÇÃO;ATITUDE REVOLUCIONÁRIA
Data do documento: 1999
Editor: UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - UNB
Resumo: O PRESENTE ESTUDO TEM COMO TEMA JUVENTUDE E REVOLUCAO. NELE PRETENDE-SE CONHECER A RELACAO EXISTENTE ENTRE AMBAS. ESTARIA A JUVENTUDE MAIS DISPONIVEL, MAIS MOTIVADA PARA REALIZAR A REVOLUCAO DO QUE OS MADUROS? COLOCAMOS COMO HIPOTESE PRINCIPAL QUE A IDADE INFLUENCIA A ATITUDE REVOLUCIONARIA E QUE ESTA E MAIS ACENTUADA NOS JOVENS DO QUE NOS MADUROS. COMO HIPOTESES ALTERNATIVAS, CONSIDERAMOS QUE O STATUS SOCIOECONOMICO DA FAMILIA DO JOVEM, DA RELIGIAO DO INDIVIDUO OU DE SUA CONDICAO DE ESTUDANTE CONDICIONAM A INFLUENCIA DA IDADE NA ATITUDE REVOLUCIONARIA. DEMARCAMOS COMO JUVENTUDE O PERIODO DA EXISTENCIA HUMANA ENTRE OS DEZESSEIS E OS VINTE E CINCO ANOS. DEFINIMOS ATITUDE REVOLUCIONARIA COMO A DISPOSICAO DE FAZER EVOLUCAO PARA ATINGIR O OBJETIVO DE TRSNAFORMACAO SOCIAL. PARA MEDIR ESSA ATITUDE REVOLUCIONARIA DECIDIMOS USAR SUA FREQUENCIA, SUA INTENSIDADE E SUA CONSISTENCIA. DESTA FORMA FOI POSSIVEL CONCLUIR QUE A IDADE INFLUENCIA A ATITUDE REVOLUCIONARIA. DE MANEIRA GEAL, OS DEPOIMENTOS DOS REVOLUCIONARIOS BRASILEIROA DA DECADA DE 1960, QUER PELA EVOLUCAO DE SUA PROPRIA HISTORIA DE VIDA, QUER POR SUAS OPINIOES, CORROBORARAM AS CONCLUSOES ACIMA.
Descrição: BIBLIOTECA CENTRAL DA UNIVERSIDADE DE BRASILIA
URI: http://www.bdae.org.br/dspace/handle/123456789/1498
Outros identificadores: Mestrado
CIÊNCIA POLÍTICA
EXCLUSIVO
Aparece nas coleções:Jovens e Política

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.

Ferramentas do administrador